INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PARALELA

A otimização de códigos computacionais tornasse necessária para diminuir o tempo de simulação. Nesse contexto destacam-se técnicas de programação em paralelo onde o objetivo maior é aumentar a eficiência do código usando múltiplos dispositivos em conjunto. Nesse minicurso será apresentado as fundamentações mais relevantes sobre a programação em paralelo aplicando-as em problemas práticos de interesse […]

Aplicação da metodologia Problem Based Learning (PBL) no Laboratório de Física do ITA

De maneira geral, os laboratórios de ensino de física (e mesmo outros laboratórios de ensino) são meros exercícios com foco principal na verificação de leis e princípios já estabelecidas, ou mesmo, na descoberta de fatos já amplamente conhecidos. Nos laboratórios de ensino tradicionais, os estudantes na maioria das vezes, reúnem dados sem compreender o significado […]

Simulações computacionais: um laboratório virtual de nanotecnologia

Simulações computacionais são uma forma confiável e eficaz de explorar propriedades físicas de diferentes sistemas, proporcionando economia de tempo e dinheiro em pesquisas básicas e aplicadas. Os resultados dessa abordagem subsidiam experimentos tanto em caráter comparativo, oferecendo parâmetros de caracterização, como também preditivo, motivando novas possibilidades ainda não exploradas. Neste minicurso, abordaremos princípios fundamentais para […]

Diagnóstico de plasmas tecnológicos por sonda eletrostática

Os plasmas tecnológicos oferecem um potencial único para o desenvolvimento de tecnologias inovadoras. Os plasmas são indispensáveis ​​na produção de dispositivos microeletrônicos: nenhum computador moderno existiria sem o uso da tecnologia de plasmas. Outros exemplos são tratamento de resíduos tóxicos, revestimentos protetores, funcionalização de polímeros, esterilização biológica e muitos outros. O desempenho de qualquer aplicação […]

Óptica de Filmes Finos, uma análise prática por Elipsometria Espectrofotométrica

Neste minicurso serão apresentados os conceitos físicos e os modelos matemáticos que descrevem o comportamento óptico de filmes finos transparentes e semitransparentes. Estes conceitos e modelos, em conjunto com as propriedades de polarização da luz, fundamentam a aplicação da técnica de elipsometria espectrofotométrica como poderosa ferramenta para caracterização de filmes finos. Através desta técnica não […]